Otaku Killer(Brasil-2021)

Direção: Gilberto Bruno

Essa é a história daquele que é contra os amantes de Shonen, contra o comedor de lámen, que é contra aqueles que dizem que Naruto é a maior obra já feita, temos o Otaku Killer.

O filme segue com esse herói incompreendido que assassinou de forma cruel todos os amantes de mangás. Em sua jornada sangrenta e hilária, quando um dos seus alvos sobrevive por um erro, ele passa a encerrar os assassinatos e fazer com que o otaku possa ser feliz novamente.

O curta diverte pela sua essência, é uma história para não levar a cultura do entretenimento oriental a sério, feito por pessoas que gostam do gênero, o roteiro cheio de referências e piadas internas talvez sejam a alma do filme, pelo fato de trazer uma personalidade única para a história, são referências que qualquer pessoa leiga possa entender.

É dirigido de uma forma interessante, são sequências de mortes seguidas e a todo momento você acaba rindo por algum motivo.

A parte que mais te anima durante o filme é o elenco, o assassino, que surge das sombras com frases de efeito e com seus poderes difíceis de decifrar. O personagem principal possui um tratamento narrativo muito interessante, ele não está lá simplesmente matando pessoas, ele tem um motivo, uma razão para estar lá, ele tem camadas, a conclusão do filme inclusive, casa muito bem com a história do personagem, é divertido e faz com que os fãs de JoJo durmam a noite com um medo maior, isso para mim é mais que o suficiente.