A Noiva do Turvo (2018)
Loading advertisement...
Preload Image
Up next

Cabin Fever [Cabana do Inferno](2002)

Cancel
Turn Off Light
Watch Later

A Noiva do Turvo (2018)

A Noiva do Turvo (2018, 4 min.) – Roteiro e Direção de Loures Jahnke. Produção Executiva de Petter Baiestorf. Produção de Carli Bortolanza e Elisiane Rodrigues. Direção de Fotografia de Petter Baiestorf. Edição de E.B. Toniolli. Maquiagem de Carli Bortolanza. Trilha Sonorora Original de Venicius Jeager. Assistente de Produção: Lorenzo Jahnke. Com: Morgana Jahnke, Isabela Jahnke e Carli Bortolanza.

Sinópse: Uma bela noiva se suicida nas águas do rio Turvo após ter sua honra manchada de sangue. Ao longo dos anos seguintes os pequenos agricultores da Linha Baixo Lajeado Azul, no interior do Rio Grande do Sul, começam a se deparar com aparições fantásticas de uma Noiva em busca do amor perdido.
Em A Noiva do Turvo a Canibal Filmes retrata a beleza e o mistério dessa lenda desconhecida que atiça o imaginário popular das pessoas simples que habitam às margens do sombrio rio Turvo, palco de densos romances.

A Noiva do Turvo é baseado numa lenda rural da linha Baixo Lajeado Azul (Tenente Portela/RS). Este curta foi inteiramente gravado com celular (incluindo sua trilha sonora e narração) e com os filhos do diretor Loures Jahnke (O assistente de direção tem 5 anos, Isabela – uma das atrizes – tem 10 anos e o autor da trilha sonora tem apenas 12 anos).

Synopsis: A beautiful bride commits suicide in the waters of the Turvo River after having her honor stained with blood. Over the next few years the small farmers of the Baixo Lajeado Azul Line, in the interior of Rio Grande do Sul, begin to encounter fantastic apparitions of a Bride in search of lost love.
In The Bride of the Turvo Canibal Filmes portrays the beauty and mystery of this unknown legend that stirs up the popular imagination of the simple people who live on the shady river Turvo, a stage of dense novels.

The Bride of the Turvo is based on a rural legend from the Baixo Lajeado Azul line (Tenente Portela / RS). This short film was entirely recorded with a cell phone (including its soundtrack and narration) and with the children of director Loures Jahnke (The assistant director is 5 years old, Isabela – one of the actresses – is 10 years old and the author of the soundtrack has only 12 years).